bakirkoy escort bayan ||| sisli escort bayan ||| sisli escort ||| anadolu yakasi escort ||| anadolu yakasi escort bayan ||| atasehir escort bayan ||| atakoy escort bayan ||| kopek mamasi ||| Recursos Pesqueiros

Recursos Pesqueiros

E-mail Imprimir PDF

Moçambique rico em recursos pesqueiros


Moçambique é um país com grandes potencialidades pesqueiras, derivadas da sua localização costeira, com uma extensão de litoral de 2,750 km e 200 milhas da costa de Zona Económica Exclusiva (ZEE), constituindo 586,000 km de superfície de massas de água oceânica, possuindo uma diversidade de recursos de pesca.


A Pesca industrial e semi-industrial constituem os sub-sectores envolvidos em actividades pesqueiras comerciais, cuja produção é essencialmente para o mercado externo. Contudo, é importante notar que a estratégia de desenvolvimento do sub-sector da Pes¬ca Artesanal  e da Aquacultura tem como objectivo aumentar a produção nestes subsectores e criar mecanismos de acrescentar valor a esses produtos de forma a que tenham acesso ao mer¬cado internacional, bem como melhorar o abastecimento a nível do mercado interno, contribuindo para a segurança alimentar e nutricional das populações e melhoria das condições de vida.

Em suma, o País tem o potencial de recursos pesqueiros esti¬mado em cerca de 300,000 toneladas, sendo 269 mil toneladas no mar e 31 mil toneladas em águas interiores e no sub-sector da aquacultura está estimado em 1.335 milhões de toneladas, sendo 542.5 mil toneladas de cultura maricultura e 741 mil toneladas de cultura de água doce.

AQUACULTURA

Moçambique possui condições climáticas favoráveis e disponibili¬dade de áreas para o exercício da Aquacultura. Em termos de recursos e potencialidade de desenvolvimento da aquacultura marinha, a costa de Moçambique subdivide-se em:

  • Região Norte – favorável à cultura de bivalves, com condições tam¬bém adequadas para a cultura de camarão;
  • Região Centro - Norte – favorável à cultura de camarão, da taínha e de caranguejo de mangal;
  • Região Sul – favorável à cultura de camarão, caranguejo e peixe. Zonas como baía de Inhambane e algumas zonas da baía de Maputo apresentam condições favoráveis à cultura de bivalves.

Existe também potencialidade para a cultura de algas marinhas na região norte do país entre Mocímboa da Praia e Norte de Nampula e na região sul em Inhambane.